Pular para o conteúdo

Barty e Collins lutam por título inédito em Melbourne

Barty e Collins lutam por título inédito em Melbourne

O sonho da torcida australiana em ver uma jogadora da casa conquistar o título em Melbourne está ainda mais próximo de se tornar realidade. Líder do ranking mundial, Ashleigh Barty segue confirmando o favoritismo na competição e chega sem perder sets à final. A número 1 do mundo superou nesta quinta-feira a norte-americana Madison Keys, ex-top 10 e atual 51ª colocada, por 6/1 e 6/3 em apenas 1h04 de partida.

Barty é a primeira anfitriã em 42 anos a chegar à final do Australian Open. A última havia sido Wendy Turnbull, superada pela tcheca Hana Mandlikova na decisão de 1980. Já o último título de uma australiana aconteceu em 1978, com Chris O’Neil. Na Era Aberta, outras três australianas já foram campeãs do torneio, com quatro títulos de Margaret Court, três de Evonne Goolagong e mais um de Kerry Melville Reid.

A adversária de Barty na final será a norte-americana Danielle Collins que pela primeira vez em sua carreira profissional disputará uma final de Grand Slam. A jogadora de 28 anos e 30ª do ranking garantiu vaga na decisão do Australian Open, superando nesta quinta-feira a polonesa Iga Swiatek, número 9 do mundo, com parciais de 6/4 e 6/1 em 1h18 de partida.

 

Mais informações www.tenisbrasil.com.br

Comentários

comments