Pular para o conteúdo

Caiado: ‘Não vou fazer roleta russa com a cabeça do trabalhador’

Reprodução / Twitter
Caiado: ‘Não vou fazer roleta russa com a cabeça do trabalhador’
Ronaldo Caiado, governador de Goiás (ao centro) e Jair Bolsonaro

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, afirmou nesta segunda-feira (20) que sempre defendeu “dois princípios: a vida e a democracia” e que não vai fazer “roleta russa com a cabeça do trabalhar para agradar quem quer que seja”.

As afirmações acontecem após o presidente Jair Bolsonaro participar de ato pelo fim do isolamento social, causado pelo novo coronavírus, e pela retomada da economia. Caiado e Bolsonaro, que chegaram a ser aliados, romperam após discordância nas medidas adotadas para o combate ao vírus.

“Sempre defendi dois princípios: a vida e a democracia. Não vou fazer roleta russa com a cabeça do trabalhador para agradar quem quer que seja. Vida não tem preço. Só com o menor número de vítimas do coronavírus e atendendo aos doentes, nós recuperaremos a economia”, escreveu Caiado no Twitter.