Pular para o conteúdo

Após massacre em Altamira, Gilmar Mendes culpa Poder Judiciário

Agência Brasil
Após massacre em Altamira, Gilmar Mendes culpa Poder Judiciário
De acordo com o ministro, a responsabilidade pela "situação calamitosa" das prisões no Brasil recai também sobre o Poder Judiciário

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes se solidarizou, na tarde desta quarta-feira, com as famílias das vítimas do massacre em Altamira, no Pará. Pelo Twitter, Mendes escreveu que a “carnificina ocorrida é um retrato cruel e bárbaro da imensa falha do poder público em garantir segurança e dignidade aos presos”.

Ainda de acordo com o ministro, a responsabilidade pela “situação calamitosa” das prisões no Brasil recai também sobre o Poder Judiciário. “A demora na realização de audiências de custódia, o congestionamento da apreciação de progressões de regime e a ausência de informações integradas são gargalos a serem superados”, finalizou.