Pular para o conteúdo

Bolsonaro e ministros cancelam pronunciamento em Davos

Divulgação/Planalto
Bolsonaro e ministros cancelam pronunciamento em Davos
A princípio, Guedes e Moro dariam entrevista coletiva à imprensa e Bolsonaro faria apenas uma declaração

O presidente Jair Bolsonaro e seus ministros Paulo Guedes e Sérgio Moro cancelaram os pronunciamentos que estavam marcados para esta quarta-feira (23), em Davos.  A princípio, Guedes e Moro dariam entrevista coletiva à imprensa e Bolsonaro faria apenas uma declaração. O motivo do cancelamento seria a necessidade de repouso do presidente, que tem uma cirurgia marcada para a próxima segunda-feita (28).