A manhã desta terça-feira (25) foi marcada por uma estreia histórica no Carnaval de São Paulo: o primeiro desfile na cidade do Galo da Madrugada, bloco pernambucano que já conquistou o posto de maior bloco do mundo no livro dos recordes.

Embora mais “modesta” que a original, que costuma levar cerca de 1 milhão de foliões às ruas de Recife, a versão paulista da festa contou com alguns dos principais atrativos do bloco. Passaram pelo Ibirapuera quatro réplicas do famoso galo gigante, a mais alta com 4,5 metros de altura (sendo que o recifense tem 28 metros); se apresentaram por lá dançarinos de frevo e maracatu; e houve exibição dos famosos “bonecos de Olinda”, como o de Alceu Valença e Luís Gonzaga.

O tema da folia foi “Xilogravuras no Cordel do Frevo”. Além do cantor oficial, Gustavo Travassos, o bloco contou com apresentação da cantora Fafá de Belém.