Mesmo depois de dois dias de festa, o Carnaval de rua em São Paulo continua não deixando ninguém parado. Mais de 50 blocos desfilaram pelas ruas da cidade só nesta segunda-feira (24).

No Parque Ibirapuera, na Zona Sul, o objetivo do Pinga Ni Mim era bater o recorde do ano passado, quando 420 mil foliões acompanharam o desfile. Comandado pela cantora Lauana Prado, o bloco é conhecido por tocar sucessos da música sertaneja.

Os sete amigos da comerciante Diênia vieram de Manaus só para curtir a festa. “Todo ano em grupo. Essa galera aqui é de Manaus, na Amazônia.”

A administradora Irani é presença garantida no desfile. Dessa vez, ela trouxe as filhas, Samara e Lívia, para conhecer o bloco. “Como não vir com sertanejo? Acho que aqui já é a terceira vez.”

Para os vendedores Roosevelt e Clodoaldo, os blocos do Ibirapuera são os melhores para curtir com a família. “A gente sempre traz porque é um lugar maravilhosa, principalmente no Ibirapuera. A gente sempre vem todo ano, traz as crianças e vem se divertir também.”

Sofia e Rafaele concordam e contam o motivo para gostar tanto da folia no parque. “Tá sendo legal. É, a gente gosta de dançar.”

Nem a previsão do tempo, que prometia pancadas de chuva, assustou os foliões. Sai sol, ameaça chuva, mas a galera garantiu que não vai arredar o pé da folia enquanto ela não terminar para valer. É o caso do Marcelo e da Cintia. “Vamos continuar se chover, se fizer sol, se ficar noite, a gente vai ficar até o dia clarear. Se chover não tem problema nenhum.”

A animação do bloco, no entanto, não foi suficiente para segurar o temporal. A chuva que caiu no fim da tarde deixou toda a cidade em estado de atenção e causou diversos pontos de alagamento.

A enxurrada ajudou a espalhar o lixo deixado pelos foliões. A prefeitura da capital já coletou mais de 392 toneladas de resíduos durante o pré-carnaval, Carnaval e sambódromo.

A violência também assustou quem curtia a festa. Um homem foi esfaqueado durante uma tentativa de assalto no bloco Domingo Ela Não Vai, no centro. Segundo o último balanço da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, somente no domingo de Carnaval 351 pessoas foram detidas em todo em todo o Estado.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini