A folia não se resumiu aos megablocos nas duas maiores cidades do país no final de semana. Muitos cariocas, paulistanos e até mesmo turistas fugiram das atrações mais disputadas para brincar longe das multidões.

No Rio, desfiles de pequenos blocos se espalharam pelos bairros mais boêmios. O Antonio acordou cedo no sábado para aproveitar o carnaval antecipado, mas disse que a festa estava só começando. “Eu peguei e cheguei aqui 7h30, deu para pegar bem no comecinho e dá para pegar outros.”

Em São Paulo, o centro era a principal opção de quem buscava brincar e dançar sem aperto. Nem a chuva no meio da tarde do domingo espantou os foliões. Com o trânsito bloqueado, a melhor opção era o metrô.

Jovens animados e fantasiados se apertaram um pouco numa das estações da região central até o temporal passar, nada que desanimasse. Um deles era o ator Leon Oliveira, que só queria curtir a folia com tranquilidade. “Eu acho que é um cima mais agradável, não tem tanta muvuca. E a chance de da problema é um pouco menor.”

A presença da Polícia Militar ajudava a aumentar a sensação de segurança. Para a Stephanie, a chance de furto nos blocos pequenos é menor. “Menos gente, tem mais espaço A gente quer curtir mas não gosta de muvuca. É isso.”

Segundo a programação oficial, mais de 90 blocos desfilaram só neste domingo em São Paulo.

*Com informações da repórter Camila Yunes