Pular para o conteúdo

Quanto mais discretos formos com o Oriente Médio, melhor!

Fonte: Gratispng.com
Quanto mais discretos formos com o Oriente Médio, melhor!
Oriente Médio e a crise do Irã com os EUA

Oriente Médio em gravíssima convulsão, e como nosso amigo professor Villa aponta, uma bomba explosiva com consequências inimagináveis vindo por aí, que já declarou que todas as forças americanas são terroristas incluindo o Pentágono e organizações afiliadas.

A embaixada brasileira foi convocada para explicar a nossa versão sobre quem seriam os terroristas nesse episódio. O Oriente Médio, o mercado muçulmano é o segundo cliente brasileiro e o Irã, como país o 4º maior importador isolado, comprando US$ 2,1 bilhões e quase a metade disso em milho.

Muito bem, falei em off com dirigentes de cooperativas brasileiras que têm no Oriente Médio importantes relações e clientes. E o que ouvi deles foi o seguinte e sábio conselho: “quanto ao Oriente Médio estamos avaliando que quanto mais discretos formos, melhor. Assim também o nosso Governo precisa se limitar a observar. O mercado do Irã é muito forte para o milho brasileiro também.

Repetindo a voz do bom sendo de dirigentes de cooperativas que representam milhares de agricultores familiares do país, sobre as relações neste instante com o Irã. Quanto ao Oriente Médio estamos avaliando que quanto mais discretos formos, melhor. Assim também o nosso Governo precisa se limitar a observar..

Brasil, país da paz, e como enfatiza constantemente nosso ex-ministro Roberto Rodrigues e embaixador do cooperativismo na FAO, nossa bandeira é a da segurança alimentar do planeta, devemos representar a paz, e a neutralidade nos seculares conflitos, ou milenares , como nesta região do planeta tão bem descritos na Bíblia, Alcorão e demais livros religiosos.

A Hora do Agronegócio e da diplomacia da paz, acima de arroubos religiosos ideológicos.

José Luiz Tejon para Jovem Pan

%d blogueiros gostam disto: