Pular para o conteúdo

O agronegócio dentro da lei procura um xerife para punir os fora da lei

O agronegócio dentro da lei procura um xerife para punir os fora da lei

A Jovem Pan inicia uma campanha pela pecuária legal, a agricultura saudável dentro da lei. Pedro de Camargo Neto, líder do agronegócio me disse: “o ilegal é ilegal”.

Para que nossos ouvintes, principalmente da cidade, acompanhem o que as lideranças estão dizendo é “temos leis, são severas, e elas não são aplicadas, consequentemente colhemos péssima imagem mundial por não aplicarmos as leis brasileiras contra os fora da lei”. Desmatamento, queimadas, garimpo sem regra, madeiras sem lei, grilagem, validar o CAR – Cadastro Ambiental Rural, regularização fundiária. Lei sim, é hora da lei, não é mais lei ora a lei sem o “h”.

Ouviremos os principais líderes do agro brasileiro e começamos com o presidente da APROSOJA Brasil, Bartolomeu Braz. Ele disse: “precisamos de atitudes concretas – regularização fundiária, acabar com a corrupção e cumprir as leis brasileiras”. Bartolomeu Braz Pereira, presidente da APROSOJA Brasil, o maior setor exportador nacional hoje.

A Hora do Agronegócio exige a hora da lei. O ilegal é ilegal. O legal é legal e ponto final. Jamais consertaremos a imagem do agro e do Brssil no mundo sem cumprir a própria lei brasileira e a comunicarmos para toda a sociedade do país.

Quem será o nosso xerife? Sem dúvida alguma a reunião da sociedade civil organizada. Você, eu , líderes, produtores, consumidores, todos nós. O Brasil legal é muito mais legal. Xerifes compareçam.

José Luiz Tejon aqui, com a Jovem Pan.

 

%d blogueiros gostam disto: