Pular para o conteúdo

Agronegócio que não se comunica se “trumbica”

Wikipedia
Agronegócio que não se comunica se “trumbica”
Chacrinha, Abelardo Barbosa

Assim como o velho guerreiro “Chacrinha” dizia: “quem não se comunica se trumbica”. E notem que o José Abelardo Barbosa de Medeiros – o próprio Chacrinha – era um símbolo do agro daqueles tempos. Chacrinha nome agro, distribuía banana, melancias, produtos agrícolas para seu animado auditório.

Muito bem, agora lideranças do agro caindo na real dizem “não sabemos nos comunicar”. O presidente da FPA, deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), disse em evento na liga do agro, da mesma forma no Congresso Brasileiro da Abag esse foi o grande tema, e nesta semana o ministro Guedes desafinou no encontro com estrangeiros falando dos seus podres, dizimando indígenas e destruindo florestas, atacando os nossos clientes.

Dessa forma , precisamos aprender lições de marketing e de comunicação, relembrar Chacrinha e os mais jovens vejam no YouTube. Recomendo urgentemente além dos brasileiros Prof. Marcos Cobra e Francisco Gracioso, um leitura urgente no Miopia de Marketing de Theodore Levitt, antigo e ótimo. Também recomendo urgentemente rever tudo o que o Prof. Ray Goldberg já falou e está falando. Ele me disse numa entrevista especial semana passada: “o novo agro é um sistema de saúde, envolve animais, plantas, seres humanos e meio ambiente”.

Dessa forma, vamos encerrar com a música do Chacrinha, aquela do “Abelardo Barbosa está com tudo e não está prosa”. Então aí vai: “ministra Tereza Cristina está com tudo e não está prosa. Ela comunica e se ninguém atrapalhar a gente não se trumbica. Dona Tereza, dona Tereza, manda o recado do campo até a mesa”.

Comunicação convoca quem entende disso, o Brasil tem gente premiada e de alta competência mundial nessa questão. Para de reclamar e de brigar, vamos vender Brasil para o mundo todo e para toda gente.

José Luiz Tejon para Jovem Pan

%d blogueiros gostam disto: