Pular para o conteúdo

Cursos de Agronegócio na França tem 3 mulheres estudando para cada homem

Fonte: TCAI Internacional
Cursos de Agronegócio na França tem 3 mulheres estudando para cada homem
Jornal Le Monde, na França, informa que nas universidades os cursos de agronegócio tem 3 mulheres para cada um homem

Aqui na França, o jornal Le Monde, acabou de publicar uma matéria que nas universidades do agronegócio da França tem três mulheres estudando para cada homem, ou seja, o grupo feminino está invadindo o mundo do agronegócio aqui na França.

E é algo que observamos também no Brasil e esta análise feita no Le Monde psicólogos dizem: “as mulheres tem uma imagem de si mesmas muito parecidas com a mãe Terra, muito parecidas com a natureza, procriação, responsabilidade pelos fundamentos, inclusive, da agricultura, da história da agricultura no mundo, as mulheres é que guardavam as sementes, faziam agricultura enquanto os homens saíam para caçar.

Portanto, mulheres tomando conta das universidades na França de Ciências Agrárias. Observamos no Brasil esse movimento também, porém esta notícia aqui de que são três mulheres para um homem, estão ganhando já de três a um. E a gente observa no Brasil, nos movimentos em que participamos, no Congresso Nacional, por exemplo, das Mulheres do Agronegócio, nos movimentos da juventude, nas organizações pelo país inteiro, de mulheres e de jovens também.

E outra coisa interessante desta matéria aqui na França. É que também as mulheres estão se transformando nas melhores sucessoras das propriedades agrícolas, ou seja, vamos vendo no mundo, na Europa, e no Brasil um movimento de transformação do estilo, do modo da gestão.

E quando a gente vê a necessidade da sustentabilidade, do bem estar animal, do bem estar vegetal, de tudo isso que significa o cuidado com o microbioma, que é o destino da nova produção agropecuária do planeta, sem dúvida alguma o lado feminino aparece com muita importância.

Então no jornal Le Monde, França, três mulheres para cada um homem nas universidades agrárias da França. Parabéns mulheres, vamos transformando positivamente também o nosso Brasil.

Aqui de Nantes, na França, para a nossa Jovem Pan, José Luiz Tejon.

%d blogueiros gostam disto: