Pular para o conteúdo

Revolução veloz na distribuição de tecnologia para o campo

Fonte: Divulgação Governo do Paraná
Revolução veloz na distribuição de tecnologia para o campo
Empresa Sumitomo Rubber do Brasil.

A distribuição de insumos, máquinas agrícolas e tecnologia está em total transformação no Brasil. Grandes corporações como a chinesa Shangai Pengxin adquiriu a Fiagril no Mato Grosso e a Belagricola em Londrina.

O grupo Sumitomo japonês adquiriu a Agroamazonia, uma tradicional revenda brasileira do Centro Oeste. Agora a canadense de fertilizantes Nutrien adquiriu a revenda paulista Agrosema.

Outras corporações continuam adquirindo revendas, grandes distribuidores americanos vem para o Brasil, assim como distribuição de peças independentes ameaçam invadir o mercado de máquinas e implementos do Brasil.

Pelo lado das máquinas, as marcas de tratores e colheitadeiras passaram a ter linha completa de implementos, portanto, fecharam as portas para fabricantes de outras marcas brasileiras concorrentes, que partiram para apoiar revendas multimarcas, de assistência técnica e cooperativas. Uma marca brasileira a Stara do Rio Grande do Sul optou por criar uma rede de revenda própria.

Fundos passaram a investir em clássicas revendas e distribuidores de insumos e cerealistas brasileiros e agora vendem para grandes grupos, com interesse na originação. Elo com os melhores produtores brasileiros, superfarmers, estabelecendo um vínculo entre o fornecimento de tecnologia, serviços financeiros, compra de commodities, trading e exportação.

A globalização total do antes da porteira com o dentro da porteira vai se consolidando e isso vai criando uma categoria de alta performance tecnológica e de gestão, o que irá permitir a segmentação e segregação de materiais genéticos especiais para fins distintos agroindustriais em um breve futuro.

Como a Nidera Sementes vendida para a trading Cofco. Bayer com Monsanto criando projetos avançados de relacionamento com produtores, Basf, Corteva, UPL indiana, e vem aí E-commerce, terras para estrangeiros, supermercados com rastreabilidade. Mudanças gigantescas. Big data.

Mudança, o nome do jogo no novo agronegócio e em altíssima velocidade.

José Luiz Tejon para Jovem Pan

%d blogueiros gostam disto: