Pular para o conteúdo

Ecossistema se desenvolve na Alta Paulista

Fonte: Divulgação Fundação Shunji Nishimura
Ecossistema se desenvolve na Alta Paulista

Assim é que se faz. Com iniciativa da Fundação Shunji Nishimura, na cidade de Pompeia, onde a Fatec e o Senai estão acoplados, foi criada a ideia da geração de um ecossistema de inovação e desenvolvimento de negócios.

O CIESP Alta Paulista, sob a direção de Chikao Nishimura, está atuando na reunião de empresas dos setores de tecnologia da agricultura, de tecnologia para alimentação e da mesma forma tecnologia para o setor de saúde.

A Fundação Shunji Nishimura, idealizada pelo seu fundador em 1979, hoje tem 2 mil alunos por dia e se transformou no principal polo educacional de mecanização da agricultura de precisão, e de um programa único sobre big data no agronegócio, com 220 alunos sendo formados nessa disciplina que significará a enorme transição de um modelo analógico para o digital.

Em um encontro com jovens da fundação, um ângulo importantíssimo que foi debatido no encontro realizado ontem (17), na cidade de Pompeia, foi o de esclarecer que a transformação digital será acima de tudo uma resposta da tecnologia para um mundo cada vez mais analógico.

Ou seja, não será o ser humano a serviço do digital e, sim, sempre o digital a serviço do ser humano. E ao lado dos professores doutores reunidos numa diversidade de conhecimentos onde engenharia, com humanas e design se misturam ao lado da ciência da computação, fica cada vez mais evidente que entre o zero e o um, existe um infinito de possibilidades e que o mundo digital no agronegócio apenas aproximará a precisão das tomadas de decisões.

Por isso a cultura e a educação serão decisivas e determinantes para a competitividade do país nesse mundo onde os robots e os sensores nos informarão quase tudo.

A Alta Paulista, região que envolve Pompeia, Marília e cidades em torno significa um polo agroindustrial de alimentos, com empresas de elevada tecnologia em máquinas agrícolas, como a Jacto de Pompeia.

CIESP, educação e empreendedorismo na criação de um ecossistema inovativo e de desenvolvimento do empreendedorismo numa visão de cadeia produtiva. Modelo a ser imitado por todas as regiões brasileiras.

O agronegócio é o negócio do Brasil.

José Luiz Tejon, direto de Pompeia, São Paulo para a Jovem Pan.

%d blogueiros gostam disto: