Pular para o conteúdo

‘Avenida Brasil’ deve voltar ao ar com cortes no ‘Vale a Pena Ver de Novo’

Reprodução
‘Avenida Brasil’ deve voltar ao ar com cortes no ‘Vale a Pena Ver de Novo’
Adriana Esteves e Débora Falabella, protagonistas de "Avenida Brasil"

Depois de voltar atrás na exibição de “Êta Mundo Bom!”, que já tinha até chamadas de programação gravadas, no “Vale a Pena Ver de Novo”, a Globo, para alegria geral, decidiu transmitir “Avenida Brasil” na faixa vespertina de reprises. As comemorações, no entanto, podem dar espaço a algumas reclamações tão logo entre no ar.

Isso porque a trama de João Emanuel Carneiro, repleta de cenas fortes como uma criança abandonada em um lixão e mocinha enterrada viva, tem grandes chances de ser exibida com cortes por causa da classificação indicativa. A Globo avaliou que, ainda que tenha sequências suprimidas, a história seguirá como forte atrativo de audiência. Pesou na escolha o fato de que “Avenida Brasil” poderia manter os ótimos índices que “Por Amor” vem alcançando.

Recentemente, a classificação indicativa do “Vale a Pena Ver de Novo” foi mudada para 12 anos. A novela de João Emanuel Carneiro chegou a ser recomendada para maiores de 14 e, depois, 16 anos. Para assistir o folhetim na íntegra, o ideal é que a exibição ocorresse no Canal Viva. Ainda assim, não há dúvida de que vai ser divertido matar a saudade de Carminha (Adriana Esteves), Nina (Débora Falabella), Tufão (Murilo Benício) e companhia.