Pular para o conteúdo

Elenco do Corinthians começa a apresentar alternativas interessantes a Fábio Carille

Elenco do Corinthians começa a apresentar alternativas interessantes a Fábio Carille

Durante boa parte da temporada, a busca do técnico do Corinthians Fábio Carille foi pelo sistema de jogo ideal. Depois que encontrou, o treinador começou a tentar encaixar os melhores jogadores a esse sistema.

O Corinthians agora parece ter entrado em um terceiro estágio, um momento em que o elenco funciona melhor e Carille encontra boas alternativas com jogadores que não são titulares absolutos, mas capazes de manter o nível, e às vezes até superar o desempenho dos titulares.

SORNOZA X MATEUS VITAL

Talvez o principal exemplo de um “reserva” que, em muitos momentos, eleva o nível do time quando está em campo, seja Mateus Vital. O próprio Carille já admitiu que Vital é capaz de dar ao time uma dinâmica maior que Sornoza quando a bola rola. Por outro lado, o equatoriano tem se mostrado fundamental, principalmente, nas bolas paradas, já são 11 assistências no ano.

JÚNIOR URSO X MATHEUS JESUS

Outra disputa interessante que está aberta nesse momento no time do Corinthians é entre Júnior Urso e Matheus Jesus. Urso chegou ao Corinthians e rapidamente se tornou titular e peça imprescindível no esquema de Fábio Carille. Mas após se recuperar de lesão muscular sofrida nas finais do Paulista, o volante ainda não conseguiu apresentar o mesmo desempenho.

Por outro lado, Matheus Jesus, que fez ótimo Paulistão pelo Oeste, vem aproveitando as chances que tem recebido. A partida contra o Montevideo Wanderers talvez seja o principal exemplo. Foram duas ótimas finalizações, uma delas na trave, bons passes, dinâmica e muita força física. O volante conseguiu, inclusive, equilibrar o lado esquerdo do ataque, que costuma criar menos que o lado direito.

VAGNER LOVE X MAURO BOSELLI

Vagner Love, hoje, é titular no comando de ataque do Corinthians. Mas por cerca de cinco meses ele foi escalado primordialmente pelos lados, função que de um modo geral o prejudicou. A partir do jogo diante do Furação, em maio, Love começou a ganhar mais oportunidades como centroavante. De lá para cá, foram 13 partidas. O atacante foi titular em 11 delas e anotou cinco gols nesse período.

Com Love, Carille tem um atacante com mais força física, mobilidade e liderança. Porém, apesar de ainda não ter conseguido uma boa sequência, Mauro Boselli tem se apresentado como uma alternativa capaz de mudar a forma de jogo do Corinthians.

O argentino é um centroavante com grande poder de construção. Boselli tem um passe mais qualificado e uma capacidade maior de participar de associações ou mesmo de servir os companheiros, como fez com o próprio Vagner Love contra o CSA.


Me siga no Twitter: @ranieri_andre

Me siga no Instagram: @ranieri_andre

Escute minhas matérias no SoundCloud clicando AQUI ou no CastBox clicando AQUI

Leia Também: Carille segue tentando adaptar os jogadores ao esquema. Poderia tentar o contrário